Notícias

Câncer de próstata: exame de prevenção ainda é tabu

câncer de próstata é o segundo que mais atinge homens no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer(Inca). A conscientização trazida pelo Novembro Azul é relevante e ultrapassa questões clínicas, já que o exame de prevenção ainda é um tabu diante da população masculina brasileira.

Câncer de próstata: preconceito é barreira para prevenção

Vergonha e preconceito são alguns dos fatores que impedem que muitos homens se previnam em relação à doença, impossibilitando o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Um estudo encomendado pela Sociedade Brasileira de Urologia em parceria com o Instituto Oncoguia e pela farmacêutica Bayer detectou que 21% da população masculina brasileira acima dos 40 anos acredita que o exame de toque retal “não é coisa de homem”.

“Não é necessário”

Além do preconceito, ainda há pouca conscientização em relação à prevenção da doença. Ainda de acordo com o estudo, 38% dos brasileiros acima de 60 anos acreditam que o exame “não é necessário”.

O tabu existente faz muitos homens fecharem os olhos em relação à importância da prevenção do câncer de próstata.

A possibilidade de cura do câncer de próstata é maior quando é realizado o diagnóstico precoce. Faça o exame e previna-se!